Connect with us

Qual som colocar no meu carro?

som-automotivo-sao-paulo-instalacao-porta-malas

Blog

Qual som colocar no meu carro?

Qual som colocar no meu carro?

 

Você tem duvidas em relação a sonorização automotiva? Chegou ao lugar certo, aqui iremos explicar alguns fatores que podem ajudar muito na compra do som do seu carro.
Primeiramente temos que definir qual a verba disponível aproximada para o projeto, para que possamos dar inicio ao projeto com todo o equipamento adequado ao seu bolso e também com qualidade e o volume esperado de acordo com o valor investido claro.

Esse negocio de vou comprar porque não sei quem falou que é bom e que toca com o modulo X, esquece. Faça suas pesquisas na internet e em lojas de som, de preferencia para ver o seu sistema tocando para ajudar na escolha, aqui em São Paulo as lojas fazem isso normalmente. Na hora de escolher tem de se pensar em DURABILIDADE X QUALIDADE, pois temos muitos Woofer e Subwoofer que são ótimos na qualidade mas na durabilidade são muito fracos, queimam com facilidade e esquentam demais, não convém mencionar marcas por aqui, até porque o intuito do PisandoFundo é lhe ajudar a montar o som do seu carro e não maldizer de alguns produtos no mercado. Mas com uma busca bem feitinha na internet e em alguns fóruns você encontra quais são as marcas mais “sensíveis”.

O sistema de som começa pelo PLAYER que pode ser um rádio, dvd, cdplayer, mp3 ou até um toca fitas no caso dos antigos e clássicos. Na hora de escolher o seu aparelho, jamais pense em preços extremamente baixos e marcas que prometem uma Ferrari pelo preço de um Fusca, não é preciso muito pra ter ideia de que alguma coisa ta errada. Verifique sempre se o aparelho possui as entradas e saídas que o seu projeto exige, a potencia do aparelho, que mesmo com a instalação do módulo vai contar no resultado final do seu som e obviamente a qualidade do aparelho em si, procure marcas com garantia e troca em caso de defeito.

Terminamos de escolher a primeira parte do projeto, partimos para a segunda parte, que seria os auto falantes do carro, na maioria dos casos portas frontais, portas traseiras ou tampão e sub. Vale lembrar que podemos utilizar um Subwoofer de até 150rms com falantes comuns triaxiais que já vem em alguns carros. Mas se você quer qualidade mesmo e pretende passar bastante de 200rms nos graves, é bom investir num kit 2 vias de qualidade, tanto para as porta da frente quanto para as traseiras. Existem marcas que oferecem kits ótimos a partir de R$350,00 reais e esse valor pode ser estendido até 11000,00 Onze mil reais (isso mesmo você não leu errado) existem kits 3 vias importados que chegam a esse preço.

Nos tampões sempre são colocados os famosos 6×9″, que já conhecidos da galera ajudam a montar o palco sonoro dentro do seu carango. O melhor kit 6×9″ que temos hoje com preço acessível é o QRX da Bravox, super qualidade, preço dentro do padrão e pra um produto de qualidade até em conta. e Quanto ao porta-malas (caixas e sub) fica a critério de vocês como disse acima, pesquise bastante na hora de escolher. Eu uso um Bravox UXP de 500 rms e pra mim ta bom e bem durável, agora é com vocês.

Escolhidos os equipamentos de reprodução, vamos agora para os amplificadores. O amplificador tem a função de receber o som do radio e como já diz o nome AMPLIFICAR a potência sem perda de qualidade, em seguida enviar para os dispositivos falantes. A escolha do módulo é feita primeiramente pela marca, e imprescindivelmente pela potencia suportada pelo seu projeto. É necessário fazer a soma de todos os dispositivos de stereo, ou seja kits 2 vias, triaxiais, coaxiais, 6×9, pentaxiais,e etc, supondo que a soma do seu sistema stereo seja de 400w rms será necessário a compra de um módulo que suporte e/ou ultrapasse um pouco essa potência, ultrapasse? porque? junto com a potencia temos também o valor de “Ohm” que normalmente fica entre 1 e 8ohms. Alguns módulos tocam em 2 ohms com plena potencia, e outros não por isso ao verificar o numero de ohms e os watts rms temos a soma perfeita para adquirir um modulo stereo.

O módulo mono toca apenas os graves, tendo em vista, Subwoofer de 500 rms por exemplo que trabalham a 2 ohms recomenda-se comprar um módulo que trabalhe com 500 rms a 2 ohms. Se o seu projeto conta com um upgrade futuro o modulo pode ser comprado com maior potencia, mas lembrando que a regulagem e o dedinho no botão do volume tem que ter muito cuidado e controle.

Em breve voltaremos com mais detalhes da instalação, palco sonoro e muito mais, aguardem a proxima matéria de som no Blog PisandoFundo!

Comentários

Continue Reading
Aproveite e veja também...
To Top

Facebook

Likebox Slider Pro for WordPress